Maria Inês Dolci

Defesa do Consumidor

 -

A advogada Maria Inês Dolci é coordenadora institucional da ProTeste. Atua há mais de 20 anos na área de defesa do consumidor e é autora e coautora de várias publicações na área.

Perfil completo

Publicidade
Publicidade

Milhas difíceis

Por Maria Inês Dolci

A mudança de regras nos programas de fidelidade das companhias aéreas é fequente e sempre com prejuízos para o consumidor. Agora mesmo a TAM informou que, a partir do dia 1º de junho, serão necessários mais pontos para resgate de passagens nacionais e internacionais. Pelo menos vai aumentar o prazo para trocar os pontos por bilhetes antes do voo , o que facilita o planejamento. Na Gol a remarcação passa a ser cobrada em dinheiro: R$ 100 se o cliente entrar em contato com a empresa antes da viagem ou R$ 150 após o embarque. Os programas de milhagem não são benefícios, os pontos acumulados decorrem dos gastos com passagens naquela empresa. O programa Sempre presente do cartão Itaucard também reduziu a taxa de conversão de pontos para milhas dos programas Smiles da Gol, Multiplus da Tam, Lanpass da Lan e Victoria da Tap.Agora os créditos podem ser usados para a compra das passagens diretamente no site da companhia aérea desejada. O consumidor precisa avaliar se continua valendo a pena concentrar todos seus gastos no cartão para acumular os créditos, ou usar só aquela cia aérea, se a pretensa fidelidade torna cada vez mais difícil ter benefícios.

Blogs da Folha

Mais acessadas

Nada encontrado

Categorias

Publicidade
Publicidade
Publicidade